/Wendel Souza, idealizador da Equipe “UFLA Runners”

Wendel Souza, idealizador da Equipe “UFLA Runners”

Acompanhe a entrevista com Wendel de Souza Pernambuco. Ele foi o idealizador da UFLA Runners, a primeira equipe de rua destinada exclusivamente para os servidores da Universidade Federal de Lavras.

ASDELA: Faça sua apresentação para os leitores.

WENDEL: Sou Wendel de Souza Pernambuco, nascido em Alfenas, tenho 42 anos, estou em Lavras a oito anos e sou servidor da UFLA.

ASDELA: Como começou sua trajetória com as práticas esportivas?

WENDEL: Comecei a correr com 17 anos. Até então o esporte para mim era somente o futebol, mas por influência de um amigo que insistiu para que eu participasse de uma corrida do Banco do Brasil em Alfenas. Eu acabei aceitando o convite mais pelo lindo boné que os organizadores iriam dar para todos os corredores no evento, isso realmente foi o que mais me atraiu naquele momento. Era uma corrida de 6km, largando da Sede da AABB de Alfenas e chegando no Banco do Brasil no centro da cidade, sendo que na metade do percurso ficava a casa da minha avó, portanto minha motivação para correr foi ainda maior, pois se eu não aguentasse continuar na prova, já ficaria por ali. Quando começou a prova eu pensei em acompanhar os primeiros colocados o máximo que pudesse, consegui ficar junto com os líderes nos dois primeiros quilômetros, quando caí para a quinta colocação. Nessa altura, ainda pensava em acabar a prova na casa da minha avó, mas quando passei por lá eu olhei para trás e a distância que eu havia adquirido era muito grande, decidi continuar e mesmo diminuindo meu ritmo eu continuei com folga e assim fui até na linha de chegada. Eu não sabia que o quinto colocado era premiado no pódio, sendo uma surpresa quando me chamaram para o pódio, ganhando um bom premio, dessa forma, foi nesse dia que a corrida começou a entrar na minha vida. No outro ano eu participei de outra corrida, na qual também me sobressai, dessa forma não tinha mais como eu abandonar a modalidade. Participei de várias corridas famosas, como a São Silvestre, em uma época que este esporte não era tão difundido e comercializado como atualmente, dessa forma tínhamos dificuldades com material esportivo, cronometragem e inscrições, atualmente é muito mais fácil, pois existe um leque de opções de provas, materiais esportivos e profissionais especializados. Em 2000 fui um dos fundadores da ALFA (Associação Alfenense de Atletismo), na qual estive envolvido até o ano de 2008. Na ASLA, chegamos a trabalhar com quase duzentos atletas, alguns deles com bons índices nas competições.

ASDELA: Como você chegou em Lavras e porquê continua até hoje?

WENDEL: Cheguei em Lavras a oito anos atrás, quando fui aprovado no concurso da UFLA. Quando cheguei em Lavras a minha ideia inicial era voltar para Alfenas, mas pela estrutura que a UFLA oferece e que a cidade de Lavras oferece para quem gosta de correr, me prenderam por aqui, a ponto de já ter comprado casa na cidade. Pretendo ficar por muito tempo na cidade e certamente as condições para a corrida foram essenciais.

ASDELA: Você foi o idealizador da Equipe de Corrida “UFLA Runners”. Conte pra gente como tudo começou.

WENDEL: Como já havia dito, um dos principais motivos para que eu continuasse em Lavras foram as condições para a corrida, primeiramente na UFLA onde é o meu local de trabalho e pelas provas que são realizadas em Lavras. Participei de muitas provas por aqui, como as do Circuito UFLA, que tinham uma excelente estrutura, neste meio tempo comecei a participar também da equipe de corrida Min/Km UFLA, quando comecei a perceber que havia muita gente que corria na UFLA, mas de forma isolada, com o Circuito UFLA o número aparentemente aumentou, eu observava que havia muitos servidores correndo. Comecei a me perguntar por que essas pessoas não iam para a equipe Min/KM, eu chamava e convidava e nada. Notei que tinha uma questão de perfil, que ás vezes a pessoas ficavam intimidadas para entrar na equipe, pois achavam que precisavam correr bem e rápido para acompanhar os demais integrantes, desta forma sempre tinha em mente de montar uma equipe dos servidores da universidade. A gota para que essa ideia saísse foi na última Corrida Contra o Câncer, pois eu já tinha observado que o número de servidores correndo aumentava em cada prova, mas nesta corrida eu contei quantos estavam presentes (não considerando alunos, somente servidores), tinham dezoito servidores correndo sem ninguém combinar nada, então eu reuni a turma lá mesmo na corrida e falei que são dezoito pessoas e para este grupo aumentar nós podemos montar uma equipe de corrida pra gente. O pessoal gostou da ideia, marcamos uma reunião em novembro de 2015 e fundamos a equipe. Nossa equipe não tem estatuto e não é nada burocrática, pois todo mundo já trabalha em um ambiente altamente burocrático, dessa forma simplificamos ao máximo para atrair a maior quantidade de pessoas.

ASDELA: Quem pode fazer parte da UFLA Runners?

WENDEL: Servidores da UFLA, seja professor, seja técnico administrativo, seja terceirizado, ou familiar de servidores participantes. Não abrimos ainda a opção para alunos poderem participar, pois existe a possibilidade deles irem para a Min/KM UFLA (equipe com o perfil mais adequado aos estuantes).

ASDELA: Explique pra gente como é o funcionamento atual da UFLA Runners .

WENDEL: A equipe começou com aproximadamente 18 atletas e hoje nós já temos 56. A ideia inicial foi que para 2016 o foco é solidificar a equipe, fazer um “arroz com feijão” bem feito. Fizemos um uniforme oficial e uma logomarca, daí definimos o grupo com o qual iremos trabalhar, conseguimos apoio da UFLA e divulgação da equipe para nosso público alvo. Dessa forma nós fizemos nossa primeira prova no final de 2015, foi a Volta Internacional da Pampulha em Belo Horizonte, algo que ajudou a divulgar nossa equipe. A partir daí ,montamos um calendário e contamos com o apoio da UFLA que nos fornece o transporte para as provas determinadas. O nosso calendário possui quatro provas no ano (Circuito Atenas – Rio de Janeiro / Meia Maratona de Belo Horizonte / Circuito Atenas – São Paulo / Volta Internacional da Pampulha – Belo Horizonte). Depois de fechar as questões de calendário, nos preocupamos com as condições de treinos, tendo em vista a evolução dos participantes. Como a equipe é composta por corredores com um nível de atividade mais avançado e corredores iniciantes, nós procuramos atender as necessidades de ambas as características. Procuramos o professor Fernando de Oliveira, (coordenador do Cria Lavra) que podemos chamar de padrinho do projeto, pois abraçou a causa e já nos deu várias orientações, traçando horários para treinos, a busca de um monitor (que a gente já conseguiu através do projeto). Fomos atrás da professora Juciane do DCA que ministra a disciplina de Nutrição Esportiva, dessa forma também conseguimos o apoio dela, a principio trabalhando com poucos atletas, com retornos marcados a cada 15 dias, mas a ideia é estender isso pra mais gente. A equipe hoje está institucionalizada na UFLA, com isso ficou mais viável conseguir um monitor, hoje já temos o aluno Alberto como monitor da equipe, ele nos acompanha em todos os treinos e nas competições. Com toda esta estrutura, começamos a pensar no nosso calendário de treinos, que segue a lógica de cada corredor, já que temos corredores que querem melhorar a marca e corredores que buscam o lazer. Dividimos na semana os dias temáticos, hoje a programação da equipe é a seguinte:

Segunda / Quarta / Sábado – Treinos de Fortalecimento (academia, treinos de estabilização, entre outros)

Terça – Dia de Velocidade (Treinos mais fortes de corrida)

Quinta – Regenerativo (Corrida Leve)

Sexta – Descanso

Sábado – O treino de fortalecimento é realizado na pista nova junto com as atividades do Cria Lavras e junto com a equipe de alto rendimento.

Domingo – Dia do Longo (sempre buscar uma distancia maior)

Com essa divisão de treinos, independente do perfil o corredor irá evoluir. Nós temos um grupo no facebook e é por lá que nós combinamos tudo (reuniões, horários de treinos, questões com o monitor, etc.). É importante ressaltar que os horários e locais de treinos podem ser flexíveis de acordo com as necessidades de cada corredor.

A grande novidade para os próximos dias é que a Min/Km UFLA irá treinar junto conosco, o que é bastante benéfico para unir, motivar e proporcionar a corrida para os alunos da universidade.

#MalucosPorEsporte